Tempo de reverberação na palma da mão

Fazer um projeto de tratamento acústico de um ambiente de forma correta requer o conhecimento do Tempo de Reverberação, TR, do mesmo. Conhecer o TR é o ponto chave para especificar as soluções acústicas corretas para adequar o ambiente ao seu uso.

Já mostramos aqui no blog o que pode acontecer com o excesso ou falta de absorção sonora em um ambiente. De uma forma simplista, podemos dizer que tratar acusticamente um ambiente significa controlar o excesso de reverberação sonora do mesmo. O TR nos mostra o tempo necessário para que um som deixe de ser ouvido, após a extinção da fonte sonora. De uma forma mais técnica, o tempo de reverberação é medido como o tempo necessário para que o som sofra um decréscimo de intensidade de 60 dB. Por exemplo, ao bater palma num ambiente percebemos quanto tempo o som da palma fica audível, isto é, o tempo que fica reverberando até que não o ouçamos mais.

Tempo de Reverberação

Para cada ambiente existe um TR considerado ótimo e que varia conforme o volume e o seu uso. A norma NBR 12179 – Tratamento acústico em recintos fechados apresenta um gráfico com os tempos ótimos de reverberação para diferentes ambientes. Esse é o TR que deve ser atingido quando fazemos um projeto de tratamento acústico.

tempo de reverberação, TR60, RT60

Para determinar o TR podemos fazer uso da fórmula de Sabine ou de Eyring – conforme a quantidade de absorção sonora do ambiente – que nos informa o tempo de reverberação médio do ambiente considerando a absorção sonora dos diversos materiais existentes no local.

Apesar de ser uma boa aproximação, sua limitação reside principalmente no fato de não conhecermos as peculiaridades geométricas do ambiente e os coeficientes de absorção corretos dos diversos materiais que o compõem. As irregularidades da forma do ambiente interferem nas reflexões sonoras que podem, por exemplo, focalizar o som em determinado ponto dificultando o tratamento acústico.

TR no celular

A melhor forma para determinar o tempo de reverberação do ambiente é por meio de medições acústicas. Com essas medições, determinamos de forma mais precisa quais as frequências sonoras estão mais vivas no ambiente, causando desconforto acústico, e então projetamos o tratamento para corrigir as frequências sonoras que nos incomodam.

Aparelhos de medição de ruído não costumam ser acessíveis, porém são determinantes para se fazer um projeto adequado.

app acústica, tempo de reverberação, celular

Aplicativo mobile para medir TR

Com o avanço dos smartphones sua capacidade de processamento matemático tem permitido desenvolver aplicativos cada vez mais sofisticados. Nessa linha de medições acústicas, alguns aplicativos conseguem medir o tempo de reverberação e alguns outros parâmetros acústicos úteis para a acústica arquitetônica.

Devo deixar claro que medições feitas em aparelhos celulares servem apenas como informativo da situação, não substituindo as medições feitas com os medidores de nível de pressão sonora, ou sonômetros, com filtros de frequência e microfones de precisão.

De qualquer sorte, esses aplicativos nos permitem estimar o tempo de reverberação para as principais frequências (250 Hz, 500 Hz, 1 kHz e 2 kHz), dependendo do nível de ruído de fundo do ambiente e do tipo de celular.

Ainda não podemos nos basear em medições de celular para fazer um projeto acústico, mas quem sabe não teremos em breve aparelhos de medição tão portáteis quanto um celular?

E você já testou esse aplicativo? O que achou dos resultados?

Vítor Litwinczik