Aeroporto de Brasília: ventilação x conforto acústico

Agora que acabou a Copa do Mundo, dá para olhar com mais atenção a modernização dos aeroportos. Gostei das novas alas do aeroporto de Brasília, Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, parece coisa de primeiro mundo. No entanto, a questão do conforto acústico ainda não foi resolvida em Brasília e em muitos outros aeroportos. Na maioria dos casos, o problema é o excesso de reverberação dos ambientes ou a má qualidade dos sistemas de áudio. Já falamos sobre isso aqui no blog e, discutindo com um arquiteto que participou da reforma de um aeroporto, percebi que muitas vezes o problema não está no projeto e sim no corte de verbas. O primeiro item a sofrer é a acústica.

Aeroporto de Brasília

Neste post quero falar sobre um problema de acústica que está na concepção de projeto. Vou muito a Brasília e acompanhei a evolução daquele aeroporto. Ele tem um projeto arquitetônico que gosto muito. O terraço onde está a praça de alimentação é uma área bem ampla e iluminada devido à grande fachada de vidro e aberturas na cobertura metálica, que tem forma ondulada. Ambas possuem aberturas para ventilação e, aparentemente, esse foi o fator que norteou a solução arquitetônica adotada.

aeroporto, aeroporto de brasília, Terraço do aeroporto de Brasília.

Terraço do aeroporto de Brasília.

Acontece que o terraço panorâmico está em frente o pátio das aeronaves, o que é muito natural. Nesse caso a solução adotada para a fachada ficou prejudicada, pois não foi feita para atenuar o ruído do pátio e sim para garantir a ventilação do ambiente.

aeroporto, aeroporto de brasília, Pátio de aeronaves. Aeroporto de Brasília.

Pátio de aeronaves. Aeroporto de Brasília.

Para reduzir o ruído externo e manter a iluminação faz-se uso de janelas com vidros mais robustos, como laminados ou duplos em combinações variadas, conforme a necessidade. No caso em questão, as janelas do terraço panorâmico e das aberturas do telhado possuem venezianas fixas, ou seja, um caminho permanente de passagem de ruído para área interna do terraço.

Janela com venezianas fixas.

Mas será um problema só da abertura nas janelas?

Reflexão sonora

Olhando com mais cuidado, talvez exista um detalhe arquitetônico na fachada que agrave a situação. A parte inferior da fachada do prédio central possui revestimento liso e uma inclinação de 45 graus. Já a parte superior, onde está o terraço, possui uma inclinação contrária a inferior. Isso faz com que o ruído das aeronaves seja refletido para cima atingindo as janelas com venezianas, que já recebem o ruído direto.

Depois de refletido, o ruído vai encontrar no caminho as aberturas das venezianas fixas que estão direcionadas para baixo, ou seja, estão alinhadas com o caminho de propagação do ruído refletido. Assim, boa parte do ruído que entra no ambiente é através das venezianas fixas.

aeroporto, aeroporto de brasília, aeroporto-bsb-fachada

Fachada voltada para o pátio de aeronaves.

A ideia de ter uma fachada ventilada é muito boa, pois está alinhada com a questão da sustentabilidade, economia de energia. Porém, em determinados casos, como o apresentado, deve-se atentar para que certos fenômenos acústicos não dificultem ainda mais o isolamento do ruído externo. A praça de alimentação do aeroporto de Brasília, embora bem iluminada e ventilada, é muito desconfortável devido ao excesso de ruído.

Solução acústica

Com a reforma e ampliação do aeroporto, parece que essa questão foi observada e está sendo tratada. Na área vip já é possível ver uma alteração no projeto para reduzir o ruído proveniente deste caminho, que consiste consiste no fechamento das venezianas. Porém acredito que poderiam ter pensado em outra forma de fechamento para, ao menos, manter a proposta estética original.

aeroporto, aeroporto de brasília, Fechamento com janelas fixas. Aeroporto de Brasília.

Fechamento com janelas fixas. Aeroporto de Brasília.

Esse exemplo mostra a importância que um projeto de fachada bem pensado tem no desempenho acústico de uma construção. Visto que, optar por uma ventilação natural impõe limitações ao isolamento acústico.

Avaliar as características do ruído externo que incide sobre uma construção e as exigências necessárias para o conforto acústico interno à mesma são fundamentais para elaborar um projeto de fachada que contemple os diversos itens de conforto.

E você já viu alguma situação similar?

 

Vítor Litwinczik