A acústica em tempos de home office

Várias pessoas, como eu, já trabalhavam em home office, antes de vivermos a realidade da pandemia. A digitalização era uma tendência e muito se ouvia falar de trabalhar em casa ou em ambientes de coworking. O fato é que o coronavírus mudou tudo e está tornando esse movimento um caminho sem volta

E o que muita gente não sabe é que, para muitas empresas, os resultados do trabalho em casa estão sendo surpreendentemente positivos. Uma pesquisa realizada com 122 corporações de diversos setores de SP e RJ mostra que 40% das empresas não trabalhavam com a modalidade antes da crise e vão adotá-la, de forma definitiva, quando esse período passar. Uma notícia do portal EXAME diz que a “XP Investimentos amplia home office até o fim do ano e estuda trabalho remoto permanente”, enquanto o portal InfoMoney afirma que “o grupo francês PSA, dono da Peugeot e Citroen, vai manter home office após pandemia e planeja 100% de adesão até fim de 2020, para as áreas administrativas”.

Mais tempo para escutar o apartamento

É um fato que sinaliza para outra necessidade. Se antes da pandemia já havia um aumento da exigência de conforto acústico em apartamentos, imagine agora, que estamos em casa o dia todo. Essa necessidade vai aumentar dramaticamente. Afinal, temos mais tempo para prestar atenção em nossos lares, que deixaram de ser o espaço onde estávamos apenas fora dos horários de expediente.

Manter a concentração é um dos grandes desafios do regime home office. E muitas vezes o ambiente doméstico não ajuda. Ficando em casa o dia todo, a condição acústica da casa ou apartamento se torna muito mais perceptível. Antes, a convivência com os vizinhos se restringia quase que exclusivamente ao elevador. Agora que todos estamos em casa passamos a entender melhor o que significa viver em condomínio.

Home office x Desempenho acústico

Recentemente, integramos um time que desenvolveu um empreendimento de perfil mais moderno, com unidades menores e áreas coletivas bem equipadas. No desenvolvimento do projeto, nos deparamos com a limitação de desempenho do sistema de piso e chegamos à conclusão de que a colocação de manta sob o contrapiso isolado seria o melhor para a situação. Como essa medida envolvia aumento do custo do projeto, a solução não foi bem recebida.

mantas de amortecimento de impacto em contrapisos
Mantas de amortecimento de impacto.

Essa experiência me fez propor, aqui, uma reflexão importante. Será que vale a pena pensar a melhoria do desempenho acústico como um custo, ou devemos entendê-la como investimento ativo para a marca e a imagem das construtoras?

No fim do ano passado, tivemos a oportunidade de fazer medições de desempenho de piso para um cliente que em uma situação em que se pretendia validar 3 mantas diferentes para isolamento de contrapisos. Casualmente, tivemos 3 resultados interessantes e até mesmo educativos.

Como você sabe, a norma de desempenho exige sistemas construtivos com desempenho mínimo, mas o que isso quer dizer em termos de percepção sonora? Será que é muito diferente dos desempenhos intermediário ou superior? Para o caso do desempenho ao ruído de impacto entre unidades habitacionais, os desempenhos mínimo, intermediário e superior correspondem a 80 dB, 65 dB e 55 dB, respectivamente. Ou seja, quanto menos escutamos, melhor é o isolamento, isto é, o desempenho.

Três níveis de desempenho

Nas medições que fizemos, obtivemos três resultados próximos do limite de cada faixa de classificação. A imagem a seguir mostra uma comparação das 3 curvas medidas, junto com o áudio. Perceba a diferença entre elas.

Essas curvas mostram que em baixas frequências há pouca diferença nos níveis sonoros, ao contrário do que observamos em médias e altas frequências.

Você notou que a medida que o desempenho aumenta escutamos menos os agudos? Exatamente o comportamento indicado nas 3 curvas, ou espectros sonoros, medidas.

Esses são exemplos simples, em que busquei transmitir a percepção da diferença entre sistemas com os 3 níveis de desempenho apresentados na norma NBR 15575.

Nesse momento, em que temos que ficar em casa por mais tempo, que tal ir além, investindo em sistemas que entreguem algo acima do mínimo exigido?

Warning: Unknown: open(/tmp/sess_r6gtgl6bnirds5qm0uh06kb8b2, O_RDWR) failed: Permission denied (13) in Unknown on line 0 Warning: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/tmp) in Unknown on line 0