Acústica nas arenas da Copa do Mundo

itaquerão, acustica, arenas, arena corinthians, ruído em estádio

Foto: Epoca.globo.com

Estamos na era das arenas esportivas. Os estádios da copa do mundo não são apenas para futebol, agora são arenas multiuso.

Essa alteração visa tornar os projetos viáveis economicamente, pois só com ingresso para jogos de futebol os projetos não teriam retorno financeiro. Em sendo arenas, serão preparadas para receber grandes espetáculos, shows musicais e então a preocupação com a acústica começa a ficar importante.

A questão acústica pode impactar dentro e fora dos estádios.

Olhando para dentro do estádio, quanto maior a pressão da torcida pior para o time visitante. Essa pressão é feita por meio do barulho, o grito da torcida intimida o adversário. Lembra das vuvuzelas nos jogos da copa de 2010, na África do Sul? Como não tinha time adversário, incomodava os dois lados devido ao nível e tipo de ruído que gerava.

arenas, acústica, vuvuzela, fifa, ruído em estádio, copa 2010

Imagem:FIFA World Cup 2010 Portugal North Korea Vuvuzelas 21 June 2010.

A geometria de alguns estádios os torna verdadeiros caldeirões. No caso do Itaquerão, ou Arena Corinthians, parece que a geometria não ajudou muito, pois a pressão sonora no campo não é das maiores. Isso fez como que o projeto da cobertura fosse alterado para que funcionasse com um grande rebatedor acústico e o nível de ruído da torcida fosse mais percebido no campo.

O ruído na comunidade

Resolvido o problema da pressão no clube adversário, como fica o ruído na comunidade próxima?

A ideia é que a estrutura do estádio consiga fazer com que o som externo atenda aos níveis de ruído permitidos por lei. Lei essa específica de cada município, porém baseada na norma NBR 10151 que trata do ruído em comunidades. Foram feitas medições de nível de ruído nas proximidades do estádio para saber qual o nível de ruído durante um jogo e em especial quando de um gol do Corinthians, que deve ser o pico de ruído gerado em um jogo. Com base nisso foram propostas alterações na cobertura para o que ruído fique o mais confinado possível dentro do estádio e não perturbe a comunidade. Veja a matéria do portal UOL esportes.

Voltando um pouco ao objetivo do nome Arena, será que o mesmo vai acontecer com um grande espetáculo musical? Ou seja, será que durante um mega show dos Rolling Stones, para citar um exemplo, o ruído externo vai atender a legislação?

Penso nisso pela diferença do tipo de ruído causado pela gritaria de uma torcida e pelo som de uma música. A segunda deve ter muito mais componentes de baixas frequências, ruído grave, enquanto o som da torcida deve ter mais componentes agudos, alta frequência, que são mais fáceis de atenuar.

arenas, acústica, arena mané garrincha, arena, estádio mané garrincha, brasília, copa 2014

Arena Mané Garrincha. Foto: Estádio Nacional de Brasília.

Quem mora em Brasília, na Asa Norte em especial, convive com problemas de ruído quando ocorrem eventos musicais no estacionamento do estádio ou próximo ao lago Paranoá. Ok, são eventos em espaços abertos não confinados em um estádio, mas mostram a capacidade de propagação do ruído à longas distâncias. Aproveitando o exemplo do Rolling Stones, na turnê de comemoração de 50 anos da banda, eles foram multados em Londres por desobedecer aos limites de ruído determinados na legislação. O mesmo aconteceu com o U2 em Dublin.

Será que nossas Arenas Multiuso conseguirão resolver o problema do ruído comunitário durante eventos musicais? Qual sua opinião a este respeito?